EnglishPortugueseSpanish

31 de agosto de 2022

2022 já é de recorde para a exportação de óleo de soja

“Desempenho espetacular”, enfatiza o diretor de conteúdo do Canal Rural, Giovani Ferreira

Considerando a série histórica iniciada em 2018, o ano de 2022 já é de recorde para a exportação de óleo de soja, em termos de receita. De janeiro deste ano a meados de agosto, dados da Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia mostram que o Brasil já embarcou para o exterior 1,59 milhão de toneladas, resultando na receita parcial de US$ 2,5 bilhões.

No comparativo com o consolidado do ano passado, o crescimento da receita para a exportação do óleo de soja já está em 25%. “Desempenho espetacular”, enfatizou o diretor de conteúdo do Canal Rural, Giovani Ferreira. A declaração foi feita para a edição do boletim AgroExport, que foi ao ar no telejornal ‘Mercado & Companhia’ desta terça-feira (16).

Fora a receita, Ferreira reforçou que o ano vigente também deve representar recorde em toneladas exportadas de óleo de soja. Isso porque, conforme mostrou durante a exibição do quadro, a maior marca foi registrada — até agora — em 2021, quando foram embarcadas para fora do Brasil 1,65 milhão de toneladas do produto. Na parcial deste ano, o número já está na casa de 1,59 milhão.

“O Brasil está conseguindo exportar mais valor agregado” — Giovani Ferreira

“Não é só o dólar valorizado frente ao real. A tonelada desse produto está muito valorizada no mercado internacional”, observou Ferreira. “Com volume ligeiramente menor em relação ao todo do ano passado, nós já temos uma receita cambial 25% superior”, continuou o diretor de Conteúdo do Canal Rural.

Definido por Giovani Ferreira como “grata surpresa”, o mercado de farelo de soja também apresenta números positivos — e com perspectiva de quebra de recordes. De janeiro a dezembro de 2021, 17,2 milhões de toneladas do produto foram embarcadas para o exterior, com receita cambial de US$ 7,3 bilhões. Até meados do atual mês, 2022 já está com 13,2 milhões de toneladas (com total de US$ 6,7 bilhões).

O recorte somente com os sete primeiros meses, a exportação de farelo de soja neste ano apresenta números maiores do que os registrados em 2021. “Fizemos 12 milhões de toneladas neste ano [de janeiro a julho], contra 10 milhões de toneladas no mesmo período do ano passado. Um aumento de 20%”, disse Ferreira.

Enquanto em volume de receita cambial, a exportação de óleo de soja já bateu recorde positivo e o mercado internacional de farelo de soja também apresenta números animadores, a exportação da soja em grão tende a não superar o registro de 2021 do volume de toneladas embarcadas.

“Vamos atingir o recorde do ano passado, de 86,1 milhões de toneladas? Muito difícil”, sinalizou o responsável pelo boletim ‘AgroExport’, ao mostrar que de janeiro até a segunda semana de agosto, o total de embarques está na casa 63,5 milhões de toneladas. Em dinheiro movimentado, no entanto, 2022 deve superar o ano passado: a parcial está em US$ 37,1 bilhões — contra US$ 38,6 bilhões de todo o ano passado.

Apresentado por Giovani Ferreira, o boletim AgroExport conta com edições semanais. O quadro é exibido às terças-feiras, dentro do telejornal Mercado & Companhia.

qualidade | produtividade | economia

faça um orçamento

orçamento
Somos fabricantes de equipamentos especialistas no desenvolvimento de tecnologia referência na transformação dos grãos, com eficiência e tecnologia avançada. Desenvolvemos com facilidade e eficiência sistemas único de esmagamento de grãos sendo o melhor do mundo.
© Copyright 2020 - ZAAMP - Todos os direitos reservados
envelopephone-handsetmap-marker linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram