EnglishPortugueseSpanish

27 de dezembro de 2022

Soja: importações chinesas devem se recuperar em 2023

A China deve importar 98 milhões de toneladas de soja no ano-calendário de 2023, o que representará um aumento de 8,3% em relação a 2022. Neste ano, a demanda chinesa foi fraca devido à redução das margens de moagem e menor consumo interno. É o que estima a S&P Global Commodity Insights, consultoria que também projeta margens melhores

soja

Foto: divulgação

As importações chinesas de soja devem se recuperar em 2023, refletindo na maior demanda do setor de ração animal e a necessidade de recomposição das reservas estatais. Essas são as projeções feitas por analistas consultados pela S&P Global Commodity Insights. Eles observaram, porém, que o aumento no número de casos de covid-19 no país asiático traz incerteza para esse cenário.

De acordo com dez tradings, esmagadoras e corretoras ouvidas pela S&P, a China deve importar 98 milhões de toneladas de soja no ano civil 2023. Neste ano, a demanda chinesa foi mais fraca devido a margens de esmagamento reduzidas e menor consumo doméstico.

Fonte: Canal Rural

qualidade | produtividade | economia

faça um orçamento

orçamento
Somos fabricantes de equipamentos especialistas no desenvolvimento de tecnologia referência na transformação dos grãos, com eficiência e tecnologia avançada. Desenvolvemos com facilidade e eficiência sistemas único de esmagamento de grãos sendo o melhor do mundo.
© Copyright 2020 - ZAAMP - Todos os direitos reservados
envelopephone-handsetmap-marker linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram